15/07/2009

Li Dan is going to see the sun very square!!!


Então, essa da foto não é minha irmã, nem prima, nem cunhada, nem cônjuge, nem amante, nem amiga, nem conhecida, nem nada...nadinha...
Essa é a Li Dan, chinesa de origem...e responsável direta pela falsificação de marcas consagradas como Gibson, Fender, PRS e Epiphone. Ou seja, instrumentos musicais manufaturados na China utilizando indevidamente o "brand" das citadas. E comercializadas no seguinte website:
A matéria completa vc encontra no website da Gibson, postada pela editora chefe Ellen Mallernee.
Pois então, tava demorando para isso acontecer. Amigos meus que estiveram visitando a feira de instrumentos musicais na China, a International Trade Fair For Musical Instruments And Services em 2008, disseram que bem pertinho do stand da Gibson, estavam os chineses com o stand das pseudo-réplicas, logicamente falsificadas.
Olha só que coisa louca isso...
É preciso distinguir réplica de falsificação. Existe um mercado de réplicas de alta qualidade, produzidas com esmero e conceito agregado. As réplicas são produtos de quantidade limitada. As próprias marcas replicadas admitem respeito por réplicas de "high quality" manufaturadas por luthiers ou fabricantes pequenos. Eventualmente, são profissionais contratados pelas empresas como consultores ou membros definitivos. Exemplo do que ocorreu e ocorre com a Fender.
Já a falsificação de baixo custo é vulgar. Infelizmente, a China é a "Meca" do clone com visual assemelhado ao original. Porém, vendido a preço exorbitantemente despencado...
Não tem milagre não. Timbre de Gibson é característico. Construção também. A falsificação não tem timbre igual... nem a pau...E falando em pau, podem até utilizar as mesmas madeiras e copiarem os detalhes técnicos, mas sempre tem algum deslize absurdo, alguma coisa BEM diferente do original.
Já ví algumas Gibson(s) "fakerozíssimas" e apesar da semelhança não ser coincidência P*** nenhuma...enganam os desavisados e seduzem com preços bem baratim baratim...
Tô fora! Melhor comprar uma réplica Hurricane, Greco, Tokai ou Yamaha. Com certeza...
Sei lá como é na China...se Li Dan vai ver o sol quadrado por 3 anos??? Não sei mesmo...

4 comentários:

Luck Cândido disse...

Excelente Post Henry, faz tempo que ninguém fala nada e eu já estou cansado de denunciar no Mercado Livre e nada.Nada melhor que uma amante de instrumentos e profundo conhecedor da matéria pra ver se abre a cabeça da "Mulekada" que compram e ainda fazem propaganda das "Gilsons" sem nenhum conhecimento de causa
Parabéns

Yoshihiro disse...

Estive em Hong Kong em 2001 e vi "coisas" autenticamente falsificadas!! alem do que existe uma rua (tipo 25 daqui) q só vende fakes discaradamente desde tecelagem, eletronica, relogios, bolsas, etc... agora, da guitarra é novidade!! mas, não é tão surpresa em se tratar da China que consegue ter um "Fake Disneyland"... lamentável... dá uma oiada nesse link!!http://www.japanprobe.com/?p=1678
Parabens pelo post!!
Hiro

Tobias disse...

Bem bacana o novo layout do blog!

Ah, e para mim, essa é a versáo chinesa da Winona Rider!

Cry Of Voodoo disse...

valeu galera,
poutzzz fake disneyland, eu já achava a de Tokyo bem capenga, imagine na terra do xing ling!